Missal 

O missal nos casamentos religiosos 

Missal - Casamentos Religiosos

Nos casamentos religiosos é costume os noivos distribuírem um missal pelos convidados para que estes possam seguir e participar em todos os momentos da celebração. 
Ao mesmo tempo, que este serve como guia para a celebração a que os convidados vão assistir, este é uma bonita recordação dos momentos que passaram na igreja.
O missal costuma ter a forma de um pequeno livro, e o ideal é que este siga a mesma linha de imagem que escolheram para os convites,  cementas, cartões de casamentos e outros elementos gráficos do vosso casamento, para que o resultado seja harmonioso. 
Como se trata de algo que vão distribuir na igreja, é conveniente que tenha uma certa sobriedade.O missal de casamento pode ser mais ou menos completo, ou seja, pode ter apenas algumas indicações gerais ou pode ser mais detalhado, indicando todos os passos da cerimónia, as leituras e músicas que escolheram, orações especiais ou até contribuições de alguns convidados. Como vão querer que cada um dos convidados tenha um missal.Existem várias alternativas: pedir a duas pessoas que, durante a entrada dos convidados, os deem em mãos aos presentes, deixá-los em um ou vários pontos de passagem para que quem quiser os possa recolher ou distribuir pelos bancos da igreja de modo que cada lugar tenha um missal e, deste modo, todos recebam o seu.Juntamente com o missal podem ainda optar por distribuir o arroz, as pétalas de flores ou até um lenço de papel para as pessoas mais sensíveis a casamentos. 
Se por sua vez a cerimónia religiosa se realiza num local distante do copo de água, será simpático juntar um mapa ao missal, em jeito de adenda, para que ninguém fique pelo caminho durante o trajeto para o copo de água.

Como montar o missal
Antes de definirem como será a vossa celebração, falem com o padre que vos vai casar, pois seguramente este terá algumas boas sugestões para a escolha das leituras.
Aproveitem ainda esta reunião para esclarecer com o padre todas as dúvidas sobre os passos da cerimónia religiosa.Decidam ainda nesta reunião com o padre se vão optar por querer ou não missa e comunhão na vossa celebração. Todas estas informações deverão, depois, constar do missal.Podem ainda incluir neste missal o nome dos padrinhos e testemunhas e, se acharem bem, algumas palavras de agradecimento aos presentes. Como o missal é um guia da celebração, podem incluir tudo o que será dito, quer pelo padre, quer pelos presentes e assim os convidados estarão mais a vontade ao participar na missa.

Dados a incluir no missal:
A entrada dos noivos, com as músicas que acompanharão o momento;
As leituras da missa;
Os cânticos;
O matrimónio propriamente dito;
Petições e orações

Incluam ainda a informação das músicas e cânticos que escolheram para cada momento (entrada do noivo e da noiva, momentos específicos da cerimónia, a saída dos noivos, por exemplo). Podem até incluir as letras dos cânticos para que todos possam cantar. No caso de um dos vossos convidados ter preparado algumas palavras para vos dizer durante a celebração, podem incluir o texto no missal, ou, se preferirem manter a surpresa, referir apenas que esse convidado irá participar.