Planeamento de casamentos após a pandemia de Covid-19  

Começam finalmente a tocar os sinos para o renascimento da indústria dos casamentos. Depois de mais de um ano de lágrimas, acessos de raiva e perturbações graças à Covid-19, os casamentos começaram em 2021 a voltar a acontecer, e segundo o New York Times, no seu artigo em agosto deste ano, a tendência será para continuar a haver um aumento no número de cerimónias de casamento a realizar no próximo ano. 
No ano de 2020, houve uma queda brusca provocada pela pandemia, que levou ao cancelamento de cerimónias e festas de casamento, devido às restrições impostas pelos governos no combate à pandemia de covid19. Locais de celebração de casamentos tiveram que encerrar, fotógrafos, floristas, wedding planners, e muitos outros serviços relacionados com o mundo dos casamentos, viram os seus serviços cancelados. 
Em todo o mundo do mercado de casamentos, assistiu-se a uma queda abrupta do número de cerimónias durante o período pandémico, chegando mesmo a haver alguns períodos de total estagnação da celebração deste tipo de cerimónias. Mas agora, que o número de casamentos está a aumentar novamente com a reabertura dos locais para celebração de casamento, e o retirar de algumas das restrições impostas pela pandemia, começamos a ver o número de casamentos a crescer de forma acentuada, aliando a esse fator o crescente número de convidados nas cerimónias. 
Aos poucos, os casamentos vão começando a acontecer, e regressamos pouco a pouco ao que considerávamos o nosso normal no mercado dos casamentos a nível nacional e internacional. Obviamente, esta é uma ótima notícia para quem está no mundo dos casamentos, especialmente para os profissionais da área que se viram obrigados a cancelar uma quantidade absurda de casamentos no último ano. Mas ainda mais satisfeitos que os profissionais da área, estão sem dúvida os casais de noivos que viram o seu grande sonho adiado já por mais de uma vez. 
A esperança na celebração do seu casamento de sonho, começa gradualmente a crescer e embora não se possa dizer que os casamentos voltaram ao "normal" em 2021, é certo que ainda que de forma gradual estes se estão recuperando e muitos especialistas  prevêem que no ano que vem irão saltar para o nível mais alto desde a década de 1980. 
Há uma nova confiança renovada em reuniões maiores que vem de uma série de fatores, incluindo a disponibilidade da vacina e um declínio constante nos casos de Covid-19 e hospitalizações, e que faz com que o número de celebrações de novos casamentos esteja a aumentar.    


 Então, como serão os casamentos no ano que vem, à medida que os negócios que serviram à indústria do casamento se abrirem novamente e o mundo voltar a uma espécie de estado pós-pandémico?  
Os planos de casamento estão, se adaptando aos novos tempos pós pandémicos e há um crescimento saudável de micro-casamentos que são núpcias íntimas, normalmente com no máximo 50 convidados. Essas pequenas cerimónias, incluem regra geral as mesmas tradições dos casamentos maiores a que assistíamos nos tempos pré pandémicos, mas estas são na realidade celebradas em uma escala muito menor. 
No entanto, muitos dos casamentos, tem sido adiados e remarcados para o próximo ano 2023, com a esperança de que nessa altura já não existam restrições devido à pandemia de covid 19. 
Os eventos realizados neste momento, continuam a ser regra geral mais modestos. As festas de casamento menores e listas de convidados bem mais restritas, como forma de respeitar as restrições advientes dos tempos em que nos encontramos. No entanto, tendo dito que os casamentos pequenos são agora a tendência devido ao Covid-19, isso não significa que todo o planeamento do casamento seja apenas para casamentos pequenos. Alguns profissionais da área estão já aceitando reservas para 2023. Na grande maioria destes casos, a maioria das celebrações serão já em grande estilo e com uma dimensão bastante maior do que aquela a que assistimos de momento.    
Existem cada vez mais casais que estão fartos da ideia de distanciamento social. Estes são os principais reponsáveis pelo planeamento de cerimónias de grande dimensão, e onde possam celebrar o seu amor e a felicidade com todos os amigos e familiares que mais amam, sem restrições.  
Aos poucos, as cerimónias estão a deixar de ser micro-casamentos e estamos cada vez mais a planear e a assistir ao tradicional casamento em grande estilo. Muitas casais aproveitaram o período de pandemia para economizar muito dinheiro, em parte graças aos longos meses em casa. Este fator aliado à ausência de afetos dos últimos anos, levou a que os casais optem agora por planejar gastar mais no futuro e por isso mesmo optar por uma celebração de maior dimensão do que aquela que haviam planeado inicialmente.     
Especialistas da indústria de casamentos esperam que a demanda permaneça saudável em 2023 antes de voltar ao "normal.   

E você, também vai casar no novo ano?      

Conte-nos tudo, e como está a planear o seu casamento? 

Beijinhos doces, 

Claudia 
Wedding design & Event Planner